Estudantes, educadores e educadoras do mundo todo têm sonhado com uma escola diferente por muitos anos:

Há muito tempo sabemos que apenas decorando fórmulas, equações e datas não respondemos a nenhuma dessas questões, mas o como fazer diferente sempre dificultou a transformação real das ações pedagógicas. Não à toa, inovação em Educação, via de regra, tem passado muito mais por fetiches das tecnologias da informação do que por mudanças verdadeiras no modo de agir e pensar as práticas na escola.

É por tudo isso que a Lumiar vem desde 2002, quando a primeira escola foi criada em São Paulo, mudando profundamente preceitos antes tidos como imprescindíveis em uma escola, como os padrões professor(a) e aluno(a), notas, classes definidas por faixas etárias, currículo e aulas organizados por disciplinas, entre outros. 

Os pilares da Metodologia Lumiar: Aprendizagem Ativa, Avaliação Integrada, Currículo em Mosaico, Gestão Participativa, Multietariedade e Tutores e Mestres

A Metodologia Lumiar apresenta um novo paradigma educacional estruturado em seis pilares: Aprendizagem Ativa, Avaliação Integrada, Currículo em Mosaico, Gestão Participativa, Multietariedade e Tutores e Mestres.

Esses elementos fundamentais compõem-se não apenas como mudanças e inovações marginais da experiência educacional formal dos estudantes: em conjunto, constituem uma transformação total e radical da forma de se entender e de se estar na escola. 

Assim, a Metodologia Lumiar foi premiada como uma das 12 propostas pedagógicas mais inovadoras do mundo pela Stanford University, Microsoft e Unesco. É uma abordagem consolidada no Brasil e em outras partes do mundo, nas redes públicas e privadas, a partir de experiências transformadoras observadas nas escolas de São Paulo (SP), Santo Antônio do Pinhal (SP), Porto Alegre (RS), Stowford (Reino Unido), Lagos (Nigéria), Budapeste (Hungria) e, há quase cinco anos, em nossa querida cidade, Poços de Caldas (MG).

Vamos transformar o mundo através da educação. Agora!

Leave a Reply

Your email address will not be published.